ACERVO

Entre 1974, ano em que é instituída a Fundação Maria Luisa e Oscar Americano, e 1980, quando sua sede é aberta ao público, foram realizadas algumas adaptações internas na casa, de modo a permitir a distribuição organizada do acervo para visitação. A coleção inicial teve como base os objetos de arte pertencentes á família Americano, tais como pinturas, esculturas, porcelanas pratas e móveis. Ao longo do tempo, foram sendo adquiridas novas peças, de natureza e épocas distintas, que vieram a formar o acervo atual, composto dos seguintes núcleos principais: Brasil Colônia (mobiliário, prataria, exemplares de arte sacra brasileira e pinturas do artista Holandês Frans Post), Brasil Império (esculturas, pinturas, gravuras, louças, móveis, pratas, comendas e adereços que retratam usos e costumes do período) e Mestres do Século XX (obras de Victor Brecheret, Lasar Segall, Alberto da Veiga Guignard, Di Cavalcante e Cândido Portinari).”
D.PEDRO II
D.PEDRO II
IMP. AMELIA
IMP. AMELIA
PRINCESA MARIA AMELIA
PRINCESA MARIA AMELIA
D.PEDRO I
D.PEDRO I